NOTA DA FGFS

A Sociedade Gaúcha de Futsal e aos jornalistas e narradores esportivos da Tua Rádio, Márcio Frozza, Vilmar Frederizzi, Júlio Borella Borges e Bruno Roso,

Recentemente, fora protagonizado no futebol de campo, um ataque covarde e sem cabimento ao árbitro do jogo. Infelizmente, trouxe sérias lesões ao árbitro.

Na noite do dia 22 em Espumoso, infelizmente, dessa vez no futsal, o diretor de arbitragem foi agredido por um torcedor dentro do ginásio.

A FGFS, postou nota em solidariedade ao árbitro de futebol agredido e se posicionou contra a violência nos jogos, tanto dentro quanto fora de quadra e aos arredores do ginásio. Nos vídeos que circularam no Instagram e Facebook, felizmente, tudo indica que o diretor de arbitragem está bem.

Gostaríamos de nos posicionar quanto a narração do jogo, postada pelos jornalistas e narradores esportivos da Tua Rádio, Márcio Frozza, Vilmar Frederizzi, Júlio Borella Borges e Bruno Roso. A FGFS, valoriza muito o trabalho e esforço dessa equipe, que prestam um serviço de excelência para o futsal e para os torcedores. A narração que nos referimos está no Facebook, pode ser conferido em: https://www.facebook.com/watch/live/?ref=watch_permalink&v=1346254352456018

No minuto 1:44, o narrador fala: a Federação precisa tomar uma atitude. Informamos que o jogo na qual houve a agressão não é organizado, nem chancelado e nem homologado pela Federação Gaúcha de Futebol de Salão, sendo assim, não temos incumbência de tomar toda e qualquer ação disciplinar, apenas nos solidarizamos com o diretor de arbitragem e independente de campeonatos amadores ou em qualquer esporte, não concordamos com atos de violência.

E nos minutos 1:46, 1:47:48 e 1:53:43, citam a Federação e num determinado momento falam: a agressão a um representante da Federação. A agressão não foi ao um membro da Federação. A arbitragem presente no jogo, não é desta entidade e por este motivo, não pode afirmar que foi uma agressão a um representante da FGFS. Como citamos acima, mesmo sendo num campeonato amador, a agressão foi a todos os árbitros, sejam eles a nível internacional, nacional, regional, local e de campeonatos profissionais e amadores.

Outro ponto que queremos comentar, entre os minutos 1:47:48 e 1:48:06, falam: a gestão anterior da Federação, que trocaram “6 por meia dúzia” e “era um deus nos acuda”. Desde que houve a troca da presidência e de diretores, não tivemos nenhum caso de violência dentro e fora do ginásio, conseguimos reerguer e fortalecer o futsal feminino, contamos com uma empresa de segurança privada para garantir a organização do evento e fazer seguir a regra de protocolos sanitários, contamos com um fisioterapeuta como Diretor de Fisioterapia, que está acompanhando todas as notícias e informações sobre o COVID e orientando os diretores quanto as regras sanitárias. É uma nova gestão, com uma nova filosofia de trabalho.

Para finalizar, ratificamos o nosso respeito a Tua Rádio e ao Márcio Frozza, Vilmar Frederizzi, Júlio Borella Borges e Bruno Roso, porém, entendemos a importância de explicar para a sociedade gaúcha, tanto o jogo, quanto o campeonato e a entidade que organiza, não são e não fazem parte FGFS. Qualquer pessoa, que porventura associar os organizadores ou o evento a FGFS, está completamente equivocada.

Deixamos abaixo os nossos canais oficiais:

Site: https://www.fgfs.org.br/

Facebook: https://www.facebook.com/fgfs.oficial/

Instagram: https://www.instagram.com/fgfs.futsal.oficial/

Att,

Ivan Santos - Presidente



31 visualizações0 comentário